PARAIBANO FOI ASSASSINADO NA ZONA RURAL DE PATU

sexta-feira, 22 de novembro de 2013

O paraibano Cleoton Correia Braga, natural de Cajazeiras-PB, com 52 anos de idade (30/09/1961), encarregado de uma pedreira onde está sendo explorado mármore, localizada no sítio Cumaru, nas proximidades do antigo Posto de Petro, zona rural do município de Patu, foi assassinado por volta das 12:00 horas desta sexta-feira (22), no local de trabalho, com vários disparos de pistola calibre 380. O homicídio ocorreu no momento em que os 22 funcionários da pedreira se afastaram cerca de 2 KM para almoçarem e o encarregado permaneceu só na pedreira. 

A vítima era funcionário da empresa que está explorando o mármore e seus familiares residem em Campina Grande-PB, não tendo aparentemente inimigos em Patu, no entanto, há suspeitas que já estão sendo investigadas pelo Delegado Regional Sandro Reges, titular da 7ª Delegacia Regional de Polícia Civil de Patu.  

Segundo o delegado Sandro Reges, que compareceu ao local do homicídio, apesar da vítima aparentemente não ter inimigos nesta cidade, até porque ele era uma pessoa evangélica, sem vícios e envolvimentos promíscuos, a pessoa ou pessoas foram ao local com a clara intensão de executá-lo, haja vista a grande quantidade de cápsulas de pistola calibre 380 que ficaram no local e o indício de que a vítima ainda correu para se livrar dos disparos e apesar disso foi atingida na cabeça.

O corpo foi isolado pela Polícia Militar até a chegada de uma equipe do ITEP de Mossoró que fez a perícia e conduziu o cadáver para a sede do órgão em Mossoró para ser necropsiado e em seguida liberado para sepultamento que deverá ocorrer em Campina Grande, onde residem seus familiares. 

Este foi o oitavo homicídio ocorrido em Patu no ano de 2013. 




Créditos das Imagens: Soldado PM EDIVAN

0 comentários: