ASSALTANTE QUE ESTAVA ATERRORIZANDO A REGIÃO MORREU EM CONFRONTO COM A POLÍCIA MILITAR NA TARDE DESTE SÁBADO (12)

sábado, 12 de outubro de 2013



Desde as primeiras horas do dia de hoje 12, O Capitão Brilhante, juntamente com o GTO de Apodi, Capitão Carvalho e Rádio Patrulha de Caraúbas, realizavam buscas na região de Janduís/Messias Targino, após receberem informações do 2º Batalhão de Mossoró que os suspeitos de terem participado do rapto do gerente do posto bancário do Bradesco da cidade de Areia Branca, crime ocorrido na última quinta-feira (10), estavam escondidos na zona rural de Janduís, mais precisamente no Sítio Retiro. Segundo o Capitão Brilhante, foi montado um cerco no entorno do sítio Retiro, onde outros suspeitos e comparsas também se encontravam. No momento em que a policia se aproximava, os elementos perceberam e abriram fogo, de imediato ouve o revide, e um dos suspeitos identificado como João Paulo Duarte, de 27 anos, natural de Janduís, foragido da cadeia pública de Caraúbas, foi atingido socorrido pelos próprios policiais para o hospital de Caraúbas, mas não resistiu as gravidades dos ferimentos vindo a óbito. Com João Paulo a polícia encontrou uma espingarda calibre 12, um revólver 38, uma espingarda bate-bucha, 18 munições de cal. 12, 03 munições de cal. 38 sendo que uma deflagrada, 01 papelote de cocaína, 03 relógios, 03 celulares, capa de chuva, 03 mochilas, potência de som, lanternas, blusão e pochete. Os outros suspeitos conseguiram fugir entrando em uma região de mata fechada, mas a policia continua as buscas no intuito de prender o restante do bando.

Além de ser suspeito de ter participado do crime na cidade de Areia Branca, a polícia também informou que João Paulo era apontado como responsável por vários assaltos a comerciantes da região, como também assaltos praticados nas estradas entre as cidades de Caraúbas, Campo Grande, Janduís e Messias Targino, apontado também como autor do assalto a um veículo da prefeitura de Messias Targino, como também ter sequestrado um prefeito da região. Um dos seus principais comparsas era Manuel Cícero, mais conhecido por "Pelado", acusado de um duplo homicídio na cidade de Apodi.

NOTA DO PATUNEWS: Participaram também dessa ação policiais militares de Messias Targino, Janduís e Campo Grande. 



   


  



 Na foto João Paulo, morto na troca de tiros

 
 Na foto Pelado (foragido)

Fonte e Fotos: Sentinelas do Apodi, com alterações

0 comentários: