PARAPENTE SUICIDA: INSTRUTOR DE PARAPENTE É SUSPENSO POR COLOCAR VIDA DE TURISTA EM RISCO

terça-feira, 27 de agosto de 2013
É uma situação desesperadora, mas o vídeo chega a ser engraçado em alguns trechos

O instrutor de parapente Luiz Gonzaga Pereira de Souza não poderá conduzir, temporariamente, os voos no trajeto do mirante da Pedra Bonita e da praia de São Conrado. A decisão por suspender os trabalhos de Souza foi tomada pela direção do Clube São Conrado de Voo Livre que considerou errados os procedimentos do piloto durante um voo há duas semanas. Na ocasião, Souza e o turista Sudmar Franzin ficaram voando sem saber se conseguiriam aterrissar por quatro minutos.

Souza entrou em uma nuvem, tentou uma manobra para sair do lugar, mas não conseguiu. Sem o controle do parapente, o instrutor pediu que Franzin rezasse e iniciou uma Ave Maria. “Fica calmo, pelo amor de Deus. Eu não sei onde a gente está, não, velho. Mostra para mim o caminho, meu Deus”, dizia o instrutor, que perguntou ao turista se ele sabia nadar, caso caíssem no mar.

No total, foram 13 minutos de voo. A descida, que deveria ser na praia de São Conrado, teve de ser no Itanhangá, a aproximadamente cinco quilômetros do local previsto para o pouso.

Fonte: Portal Veja.com

0 comentários: