A FACULDADE DO CRETINO PONTO FACULTATIVO

quinta-feira, 30 de maio de 2013

Tem coisa mais cretina no serviço público do que o tal do “ponto facultativo”?

Só perde pros fantasmas comissionados e plantões fictícios em hospitais, que são crimes hediondos contra quem realmente precisa: o cidadão.

O termo “facultativo” deixa claro que o servidor tem a faculdade, ou seja, a livre iniciativa de ir trabalhar se assim o desejar.

Ah, tudo bem.

Digamos que alguém resolva fazer isso, tomar a iniciativa de trabalhar num dia em que ninguém mais apareça para a labuta, será que conseguirá?

Francamente.

Acho que isso só ocorre mesmo no Brasil.


Fonte: Blog do Carlos Santos

0 comentários: