VÍTIMA DE ACIDENTE NA BR 304 EM MOSSORÓ É EX-INTEGRANTE DO GRUPO DE VALDETÁRIO CARNEIRO

terça-feira, 19 de fevereiro de 2013



O motorista Elias Guilherme da Silva, conhecido por “Tornado”, morto em acidente na BR 304, próximo de Mossoró, juntamente com sua namorada, era foragido da justiça e estava fugindo em alta velocidade de uma barreira da Policia Rodoviária Federal. Ele estava em um veiculo Meriva roubado na cidade de Parnamirim, no final do ano passado e usava placas clonadas. O carro estava com placa NNX-5155 de Natal e na verdade a placa do veiculo era “NNV-4599 de Parnamirim.

Contra 'Tornado', "existiam sete mandados de prisão em aberto expedidos por comarcas do Rio Grande do Norte. Segundo informações, o mesmo era foragido do complexo penal Mário Negócio de Mossoró.

Elias Guilherme da Silva, "Tornado", de 44 anos de idade, que residia em Mossoró, era remanescente da extinta quadrilha de Valdetário Carneiro, morto em confronto com a PM em dezembro de 2003, no município de Lucrécia, no Oeste potiguar.

Segundo informações do Serviço Autônomo do Judiciário (SAJ) do Tribunal de Justiça do Rio Grande do Norte, Elias Guilherme chegou a ser preso por policiais federais em 2008 por tráfico de drogas.

Em 18 de setembro daquele ano, segundo a polícia, ele foi resgatado de dentro de uma delegacia no estado do Ceará, por homens fortemente armados, que renderam os agentes de plantão.

No ano de 2006, 'Tornado' havia fugido da Penitenciária Estadual de Alcaçuz, na Grande Natal.

Em junho de 2010, 'Tornado' foi novamente preso. Desta vez, em Mossoró, durante uma blitz de trânsito. Ele apresentou uma carteira de habilitação falsa e ainda tentou fugir, mas foi contido pelos policiais.


Fonte: O Câmera

0 comentários: