RAFAEL GODEIRO: HOMEM FOI SEQUESTRADO E ENCONTRADO MORTO NO DIA SEGUINTE COM UM TIRO NA CABEÇA

quinta-feira, 7 de fevereiro de 2013

O servente de pedreiro FRANCISCO BRUNO DE OLIVEIRA, mais conhecido por "Bruno de Ral Caroba", 26 anos de idade (06/12/1985), que era pai de três filhos, o qual residia no sítio Riacho Verde, zona rural de Rafael Godeiro, se encontrava trabalhando numa construção na rua Vicência Maria de Oliveira, quando por volta das 16:30 horas de quarta-feira, 06/02, dois elementos que chegaram em um Fiat Uno de cor preta, quatro portas, e sob ameaça, obrigaram a vítima a entrar no veículo, tendo saído com destino ignorado. 
Por volta das 13:30 horas desta quinta-feira, 07/02, a Polícia Militar de Rafael Godeiro foi informada que havia um corpo com perfurações de balas no sítio maniçoba, zona rural daquele município. O Sargento Amaral, comandante do Destacamento de Rafael Godeiro se dirigiu até o local e constatou que o corpo era de Francisco Bruno, sequestrado no dia anterior. 
A vítima foi assassinada com pelo menos um disparo de arma de fogo na cabeça. 
Segundo informações, quem comunicou a localização do cadáver a polícia teria sido uma ex-esposa da vítima, que segunda ela, recebeu uma ligação comunicando a localização do corpo do seu ex-esposo. 
Uma equipe do ITEP compareceu ao local e removeu o cadáver para a sede do órgão em Mossoró, para ser submetido a necropsia.
Um inquérito policial será instaurado na 7ª Delegacia de Polícia Civil de Patu sob o comando do delegado Sandro Reges que será responsável pela apuração das causas e autoria de mais esse homicídio na região. 
A lei do silêncio impera em Rafael Godeiro, mas já há suspeitos da autoria desse crime bárbaro. 

Foto: RG EM FOCO

0 comentários: