SERRA DE PATU ESTÁ SENDO MONITORADA PELO IBAMA

quarta-feira, 31 de outubro de 2012

A presença da Polícia Ambiental já é realidade no território geográfico da Serra de Patu. Conforme informações do setor de operações da Policia Ambiental passada para a Secretaria Municipal de Meio Ambiente.

 

De acordo com o secretário Arrílton Cândido, foi realizado um levantamento noturno em todo o território da Serra para fins de facilitar a entrada de policiais nas matas visando coibir à caça predatória e outros crimes ambientais. Arrílton foi informado ainda que a Polícia Ambiental já tinha um relatório repassado pela Linha Verde do IBAMA que dava conta dos mais variados crimes ambientais contra a FAUNA e FLORA local, onde muitos animais e a vegetação nativa encontram-se em processo de extinção, mas não tinha ainda um diagnóstico da situação noturna da região. 

 

Conforme o levantamento realizado na noite do dia 27/10, os policiais ficaram extremamente sensibilizados em defesa da região pelo fato de terem identificado o que as denúncias revelam, os sinais de focos das lanternas evidenciaram a presença de varias equipes de caçadores em partes diferentes da serra e até latidos de vários cachorros provavelmente em perseguição à caça. Também foram identificados vários locais onde são montados acampamentos. 

 

O relatório mostra que os crimes não são praticados por pessoas que sobrevivem da caça e sim por grupos especializados que agem em Patu e região disputando campeonatos e realizando banquetes comemorativos pela morte de animais silvestres em extinção. Outro fator que está preocupando as autoridades é a questão do tráfico de animais silvestres que vem sendo investigado. 

 

A Policia Ambiental com força de lei federal informa ao município de Patu e região que as ações serão intensificadas e quem insistir na prática dos crimes contra o meio ambiente vai ser punido com todo o rigor.  

 

De acordo com o secretário Arrílton Cândido, o IBAMA dispõe de homens, viaturas e um helicóptero que está na base de Caicó/RN, podendo ser acionada para a realização de operações em regiões montanhosas.  O secretário lembra que não se trata de perseguição a nenhum caçador por parte da gestão municipal e sim uma soma de ações e providencias em defesa da fauna e flora da serra de Patu, vindo do auto escalão do Governo Federal para auxiliar os municípios brasileiros na preservação onde está sendo identificado pelo setor de investigação ambiental os crimes contra o meio ambiente. 

 

Ações como estas já eram aguardadas por uma grande parcela da população, pois em julho de 2009 foi formada uma comissão no Santuário do Lima com todos os proprietários de terras situadas na serra com a finalidade de preservar aquele espaço, com a ajuda das autoridades constituídas.

 

Outro fato preocupante é a demanda de vandalismo que acontece nas estradas até a rampa de voo  livre, onde se identifica constantemente as depredações e tiroteio de armas de fogo na cabana que fica localizada na rampa de voo. Os moradores preocupados com a onda de vandalismo procuraram providencias junto ao Secretario de Turismo e Meio Ambiente para que o mesmo busque junto a autoridades competentes coibir tais tipos de abuso. 

 

“Asseguramos que não mediremos esforços para moralizar e disciplinar as questões pertinentes ao nosso meio ambiente, haja visto que a população espera do poder publico empenho nas resoluções de causas de ordem ambiental, moral e social, finalizou o secretário Arrílton.  

 

Cordialmente,

Arrilton Cândido  - Secretario Municipal de Meio Ambiente


0 comentários: