PROGRAMA MAIS EDUCAÇÃO SERÁ IMPLEMENTADO EM PATU

segunda-feira, 22 de outubro de 2012

O município de Patu tem motivos de sobra para comemorar mais uma importante conquista na área da educação. Depois de reformar e ampliar escolas, dar condições aos profissionais de educação, adquirir ônibus escolares e principalmente implantar o Piso Salarial dos Professores da rede Municipal de Ensino, a Prefeitura de Patu, através da Secretaria Municipal de Educação, em parceria com o Ministério da Educação (MEC), através das ações do Plano de Desenvolvimento da Educação (PDE), vai implementar o Programa Mais Educação em cinco escolas da cidade, sendo três da rede municipal e duas da estadual.

 

As Escolas Municipais Francisco Francelino de Moura, Raimundo Nonato, Raimundo Rocha e as Estaduais, João Godeiro e Dr. Xavier Fernandes, terão educação integral com atividades contraturnos através de oficinas de teatro, letramento, banda fanfarra, matemática, futsal, danças, rádio escola, hip hop, capoeira entre outras . O programa tem como objetivo oferecer uma educação emancipatória dentro cultura, esporte e aperfeiçoamento das áreas de matemática e letramento.

 

De acordo com a secretária municipal de educação, Chemila Cavalcante, não só as cinco escolas contempladas com o programa ganham com a melhoria da qualidade do ensino, através de novos métodos e atividades inclusivas propostas pelo “Mais Educação”, mas toda a comunidade. “O Programa Mais Educação é uma ferramenta poderosa dentro dos nossos projetos educacionais, que visam aliar o ensino didático às práticas esportivas, culturais e de cidadania, através de uma série de oficinas. Sem dúvidas nenhuma, temos muito a comemorar, pois este programa vai estreitar ainda mais os laços dos alunos com as nossas escolas e consequentemente com a nossa sociedade em geral”, disse a secretária.

 

Mais Educação

O Programa Mais Educação, criado pela Portaria Interministerial nº 17/2007, aumenta a oferta educativa nas escolas públicas por meio de atividades optativas que foram agrupadas em macrocampos como acompanhamento pedagógico, meio ambiente, esporte e lazer, direitos humanos, cultura e artes, cultura digital, prevenção e promoção da saúde, educomunicação, educação científica e educação econômica.

 

A iniciativa é coordenada pela Secretaria de Educação Continuada, Alfabetização e Diversidade (SECAD/MEC), em parceria com a Secretaria de Educação Básica (SEB/MEC) e com as Secretarias Estaduais e Municipais de Educação. Sua operacionalização é feita por meio do Programa Dinheiro Direto na Escola (PDDE), do Fundo Nacional de Desenvolvimento da Educação (FNDE).

 

Para o desenvolvimento de cada atividade, o governo federal repassa recursos para ressarcimento de monitores, materiais de consumo e de apoio segundo as atividades. As escolas beneficiárias também recebem conjuntos de instrumentos musicais e rádio escolar, dentre outros; e referência de valores para equipamentos e materiais que podem ser adquiridos pela própria escola com os recursos repassados.

 

Fonte: SECOM

 


0 comentários: