O MAL DO SER HUMANO É SUBESTIMAR A INTELIGÊNCIA DO OUTRO - (DIEGO VILAS BOAS)

terça-feira, 4 de setembro de 2012
Patu sempre foi considerada uma cidade seleiro de artistas em diversos setores da cultura e da arte. Será possível que somente uma pessoa neste munícipio entende de cultura e as demais não? As produções culturais realizadas nos últimos três anos como: FEMUP, Festival de Repentistas, Expoart, Exposições artísticas, Feira Literária, Tendas Culturais, Show de Calouros, Apresentações Realizadas pelas escolas e instituições, Apresentações de Shows Locais etc. Tudo isso foi produzido por Analfabetos Culturais? Nada serviu? sendo sugerido em palanque que as últimas três feiras da cultura sejam eliminadas como se nada tivesse acontecido? Parabenizo todas as pessoas que se envolveram, que lutaram, se esforçaram para realizar desde a primeira Feira da Cultura, idealizada por Dona Lourdinha Holanda até agora, todas são dignas do noso reconhecimento e pela população patuense. Que os chamados "analfabetos culturais" não se deixem abater por essa infelicidade cometida em um momento político vivenciado em nosso município. Todas as pessoas do mundo, por mais simples que sejam, podem dar a sua contribuição em alguma atividade, não podemos subestimar a capacidade das pessoas. (Aluísio Dutra)

O mal do ser humano é subestimar a inteligência do outro.(Diego Vilas Boas) 

Fonte: A Folha Patuense

NOTA DO PATUNEWS: Como a atual gestão está sendo bastante criticada nos últimos dias por ter suspendido a apresentação do "Auto de Jesuíno Brilhante" durante a realização da Feira da Cultura de Patu, este blog irá lançar ainda hoje uma enquete para saber se os nobres leitores deste espaço são a FAVOR ou CONTRA a volta da apresentação do "Auto de Jesuíno Brilhante" no período da Feira da Cultura.

6 comentários:

Francisco Bezerra disse...

Gosto muito da parte cultural normalmente apresentada durante a feira da cultura.Mas não acredito que haja um só patuense, que não conheça a história de Jesuino Brilhante.Está mais do que na hora de usarmos um pouco de criatividade e apresentarmos novidades."Afirmo sem medo de errar, que há muito mais gente em Patú que entende de cultura,do que possa imaginar qualquer um que julga-se um latifúndio,ou dono da verdade."

Blog do Dr pixoto disse...

Eu fiquei muito triste nunca imaginei ouvir tanta tolice.

Blog do Dr pixoto disse...

Eu fiquei muito triste nunca imaginei ouvir tanta tolice.

Anônimo disse...

Eu quero lá saber desse negócio de auto de sei lá quem! Eu quero minha cidade com saúde, ruas pavimentadas, crianças nas escolas, escolas com merendas, pagto. do funcionalismo em dias, iluminação pública, segurança, e outras coisas que realmente são fundamentais para a vida dos munícipes. Discutir isso é uma tremenda besteira, bem característico desse tempo de disputa política. É claro que é importante a cultura, mas não é a coisa mais importante numa cidade.

Marcos

Anônimo disse...

Precisamos inovar. Não sei se a atual secretaria gastaria tanto o quanto o ex secretário de cultura para fazer essa apresentação. Que pessoa inteligente, só ele que sabe. Os outros são todos analfabetos culturais. Parabéns pelas suas palavras, eterno ex secretário.

Antonio Batista disse...

Em que cidade vc mora em anonimo??? Porque pelas caracteristicas que vc escreveu ñ é Patu...ACORDA CARA