INFORMAÇÕES OFICIAIS SOBRE A REALIZAÇÃO OU NÃO DA 29ª FEIRA DA CULTURA DE PATU

quarta-feira, 22 de agosto de 2012
Acabei de conversar com o secretário licenciado da prefeitura de Patu, Rivelino Câmara que representa a comissão organizadora da Feira da Cultura de Patu e ele me informou o seguinte sobre a real situação da realização ou não da Feira da Cultura de Patu.

Rivelino teve uma audiência na tarde desta terça-feira (21) com a Promotora de Justiça da Comarca de Patu, Micaele Fortes Caddah, para tratar da realização da Feira da Cultura deste ano.

De acordo com Rivelino, a promotora se mostrou sensível à tradição da festa, no entanto lembrou que existe uma RECOMENDAÇÃO DO MPRN, DO MP ELEITORAL E TCE, para que os municípios que se encontram em estado de emergência não realizem eventos financiados com recursos públicos.

A promotora lembrou ainda que o estado de emergência tinha vigência até o período junino, mas foi prorrogado, o que afeta diretamente a realização do maior evento sociocultural de Patu.

Drª. Micaele deixou bem claro que a determinação não parte da comarca de Patu, mas da procuradoria estadual, e que o MP não proíbe a realização do evento, mas recomenda que não seja realizado, o que pode gerar futuros problemas para o município.

Diante da situação exposta pela promotora, mas ciente da importância da Feira da Cultura para o município, Rivelino propôs algumas alternativas à representante do MP, como por exemplo o corte de gastos com atrações musicais, que seriam patrocinadas, e a prefeitura entraria apenas com a infra estrutura básica para a realização do evento.

A promotora ouviu atentamente as alternativas propostas e assumiu o compromisso de fazer uma consulta ao MPRN para ver a possibilidade de a prefeitura entrar apenas como apoiadora do evento.

Segundo Rivelino, tudo está sendo feito de acordo com as determinações da justiça, e todos os meios estão sendo avaliados por ambas as partes para que Patu não fique sem a Feira da Cultura. “Estamos ouvindo e seguindo as orientações do MP para que em comum acordo possamos garantir a realização deste importante evento que movimenta a economia local”, disse Rivelino, que informou ainda que até o final da tarde desta quarta-feira (22), o MP deverá se manifestar definitivamente sobre o assunto.

Como pudemos perceber, ainda não existe ma decisão oficial sobre o tema “Feira da Cultura” e que a administração municipal está buscando todos os meios legais para promover mais um grandioso evento não só para Patu, mas também para toda a região.

É isso minha gente. Vamos aguardar.
.
Fonte: Blog do Campelo

5 comentários:

Anônimo disse...

O que eu acho é que o estado gasta com tanta coisa sem futuro e agora ficam colocando impecílio para realização da maior tradição da cidade de Patu... isso é lamentavél.

Bruno disse...

isto é uma grande injustiça com patu patu sem a feira da cultura não é patu

Anônimo disse...

Eu acho q patu sem festa n e patu isto e serto tem qui ter festa boa ou ruim tem qui ter

Anônimo disse...

Entendo a importancia da feira, mas o momento e de atos mais necessario. Esta correto o MP

Anônimo disse...

Entendo a importancia da feira, mas o momento e de atos mais necessario. Esta correto o MP