HOMENAGEM DE RENATA SAMYLLA AO IRMÃO RODOLFO

terça-feira, 21 de agosto de 2012

Querido "RODOLFO", à noite em meu quarto, olho as estrelas e não encontro o brilho de outrora. Tento dormir e não consigo. Meus pensamentos voam tentando achar uma explicação e não consigo encontrar. A angústia sufoca o meu coração. Lágrimas rolam e não conseguem aliviar o peso da minha alma. E eu continuo a te procurar em cada esquina da vida, mas em nenhuma delas você está... Sim, em muitos momentos da vida, alguém especial tem que partir antes de nós. E fica a pergunta: Como continuar? A dor é forte demais e a vontade de desistir persiste. Porém, podemos e devemos continuar. Se o físico se foi, o espírito ainda vive e sente. Devemos acreditar que o reencontro está marcado. Sim, devemos continuar. Devemos sentir saudades sim, mas jamais tristeza. Devemos preencher o vazio que sentimos com gestos de amor. Porque só o amor é capaz de grandes transformações. Só o amor rompe todas as barreiras. Só o amor cala as nossas feridas. E só o amor nos leva a crer que não importa as perdas que a vida nos impõe, devemos sempre continuar. Vá Em paz meu irmão querido! Nós te amamos muito! Saudades!


1 comentários:

Anônimo disse...

linda msg