OPERAÇÃO ALIANÇA 2 DESARTICULA QUADRILHA EM CIDADES DO ALTO OESTE

domingo, 24 de junho de 2012


Policiais Militares do Destacamento de João Dias, Sob o Comando do Cabo PM KYWAL, com apoio de vários outros destacamentos, desencadearam na manhã da última quinta feira, dia 21 de Junho, a operação ALIANÇA 2, comandada pelo Sargento PM CARNEIRO, que visa desarticular uma quadrilha especializada em roubos de “Motos e pequenos furtos” que usa esses produtos como moeda de troca para adquerir drogas. A quadrilha  atua nas cidades de João Dias, Antonio Martins, Frutuoso Gomos, Lucrécia, Almino Afonso e outras cidades dda região.

A ação teve o apoio dos comandos das Companhias de Policia Militar de Alexandria e de Patu-RN,  nas pessoas do Capitão PM FERRO e da Capitã PM MYRIA e também os Sargentos CARNEIRO de Lucrécia, KLEVSON de Frutuoso Gomes, LIMA ARAÚJO de Antonio Martins, NILTON de Almino Afonso e seus subordinados.
Durante a operação foram presas 04 pessoas, sendo dois em João Dias por furtos, uma em Frutuoso Gomes por receptação, um em Lucrécia por assalto a mão armada (Roubo).  Na ação foi recuperada uma Moto Honda, ano 95, cor Vermelha.

Foram feitas abordagens em pontos suspeitos das cidades citadas, onde em um serviço de levantamento anterior foi feito um mapeamento pela PM, onde segundo esse mapeamento acontece o maior número de ocorrências que vão desde assalto a tráfico de drogas, A operação teve inicio  às 08h30min, e foi até às 15:30 horas da quinta feira, mais uma vez se estendeu a zona rural de João Dias em um sitio chamado Umbuzeiro na divisa da vizinha cidade paraibana de Catolé do Rocha.

Para os Comandantes dos Destacamentos envolvidos na Operação, ações integradas entre vários DPMs 1º supre a falta de efetivo existente nas cidades do interior do estado, 2º aumenta o entrosamento e cooperação entre as pequenas frações de tropas, 3° visa enfraquecer o entrosamento e a cooperação dos vários bandos e gangues de criminosos antes que eles se fortaleçam, 4º acabar com a fronteira imaginária e com jurisdição de Companhias ou Batalhões que só atrapalha os trabalhos Policiais e 5º devolver à população a sensação de segurança e paz social. Após a abordagem e a revista, os policiais explicavam ao cidadão o porquê da operação.  
.
Os Sargentos Carneiro e Klevson disseram que na próxima reunião irão explicar aos seus comandantes de companhia a importância de ações como essa, conta o Cabo Kywal.

*Por Humberto Nobre

0 comentários: