JUAZEIRO DO NORTE: A CIDADE QUE CRESCEU E SE DESENVOLVEU AOS PÉS DA ESTÁTUA DE PADRE CÍCERO

segunda-feira, 11 de junho de 2012
 Juazeiro do Norte é um município brasileiro do estado do Ceará. Graças à figura de Padre Cícero, é considerado um dos maiores centros de religiosidade popular da América Latina, atraindo milhões de romeiros todos os anos.

O município se localiza na Região Metropolitana do Cariri, no sul do estado, a 533 km da capital, Fortaleza. Sua área é de 248,558 km², a uma altitude média de 377,3 metros. A população do município é estimada em 249.939 habitantes, que o torna o terceiro mais populoso do Ceará, a maior do interior cearense e a centésima maior do Brasil. A taxa de urbanização é de 95,3%.

Quando ainda era uma vila pertencente ao Crato (Hoje Crato tem apenas 119.949 habitantes), Juazeiro chamava-se Tabuleiro Grande e não passava de um aglomerado de casas de taipa e algumas de tijolos convergindo para uma capela dedicada à Nossa Senhora das Dores. A vila era um mero entreposto e servia de ponto de apoio para aqueles que se dirigiam para o Crato.



No natal de 1871, Padre Cícero recebeu o convite para rezar a missa do galo no lugarejo. Era para ser apenas uma celebração, mas em 11 de abril de 1872 o padre retornaria a Tabuleiro Grande acompanhado de alguns familiares para se fixar na vila. Segundo o próprio padre, a decisão decorreu de um sonho, onde viu Jesus Cristo e os doze apóstolos sentados a uma mesa, em seguida uma multidão de peregrinos marcados pela fome e pela dor adentra no local, então Jesus Cristo diz estar decepcionado com a humanidade, mas que está disposto a fazer um último sacrifício para salvar o mundo, então vira-se para o padre e ordena: "E você, Padre Cícero, tome conta deles".


Com o lema "cada casa uma oficina, cada oficina um oratório", logo que chegou, o sacerdote tratou de mudar os costumes profanos do local e tornar comum a prática dos sacramentos. Inspirado por Padre Ibiapina, Padre Cícero criou as Casas de Caridade, organizações tocadas por beatas e que visavam a levar educação, saúde e auxílio religioso ao povo. As Casas de Caridade se espalharam pelo entorno de Juazeiro, sendo a mais famosa delas situada no Sítio Caldeirão sob o comando do beato José Lourenço. Inúmeras oficinas foram criadas, com destaque para as de produção de velas, imagens sacras e calçados. O jeito simples e carismático do padre contagiava a população que cada vez mais se entregava à religião e ao trabalho.

CLIQUE AQUI e veja mais informações sobre Juazeiro do Norte-CE.


NOTA DO BLOG: Antes que surjam as críticas, venho esclarecer que eu não quis dizer que a estátua ou o próprio Padre Cícero são milagrosos, o que na verdade é milagroso é o turismo religioso, que a exemplo de Juazeiro do Norte, Canindé e mais recentemente a cidade de Santa Cruz, no Rio Grande do Norte, têm com a exploração do turismo religioso uma fonte de renda para muita gente dessas cidades. 
Poderíamos aproveitar muito mais uma das jóias do turismo religioso do nordeste, que é o Santuário do Lima, mas infelizmente falta investimento do poder público e uma maior abertura da Igreja Católica para receber esses benefícios, caso eles venham.
No Ceará, o governo investe em infraestrutura nas cidades com potencial turístico, já no Rio Grande do Norte...


 Museu de Cêra








 Casarão do Padre Cícero


Estátua do Padre Cícero
 


 FILHO E CELSO AURELIANO

FILHO, VIEIRA E CELSO AURELIANO

 Informações: Wikipédia
Fotos: PatuNews

4 comentários:

Jerônimo disse...

Vieira tem razão. Patu tem porte para desenvolver o turismo religioso tal qual essas cidades citadas. Basta aparecer homem de boa vontade para desenvolvê-lo.

Anônimo disse...

Caro Viera, gostaria de parabenizá-lo pela matéria, e te digo o quanto esse tipo de informação. Que Juazeiro do Norte sirva de exemplo não só para o nosso Lima, mas tbm para muitos outros pontos turísticos religiosos da nossa região que ainda precisam ser mais valorizados.

Anônimo disse...

O Estado é LAICO, portanto seria [é] inconstitucional o poder PÚBLICO financiar [de qualquer maneira] as obras da igreja, seja direta ou indiretamente...

Uma forma melhor seria ela [a igreja] proporcionar este desenvolvimento, pois nada impede do Poder PÚBLICO receber...

Ou que seja feito por qualquer outro "Homem de Boa Vontade" [citando à Geronimo, acima] e sem ligação governamental

Mas quem seria este da igreja que teria a força empreendedora d'um Pe. Henrique, para liderar esta(e) mudança/avanço [sem o peso do MARCO] Pe. Domingos? possivelmente, Sim...

O que se vê é TOTAL desinteresse da instituição, algo que não ocorre na referida cidade Cearense, onde por censo comum, o POVO, nem ligou p'ro fato de Pe. Cicero, de certa forma, não ser "reconhecido"

Talvez isso explique, até certo ponto, o declínio desta religião, frente às outras, que emergem frente às obras sociais que executam...

por fim, diria... IGREJA CATOLICA, vocês tem OURO demais nos templos, p'ra que? ainda, se nem existe mais a chamada GUERRA SANTA [cruzadas] abra mão de um pouco em beneficios [verdadeiramante] àos fiéis..

Anônimo disse...

O Estado é LAICO, portanto seria [é] inconstitucional o poder PÚBLICO financiar [de qualquer maneira] as obras da igreja, seja direta ou indiretamente...

Uma forma melhor seria ela [a igreja] proporcionar este desenvolvimento, pois nada impede do Poder PÚBLICO receber...

Ou que seja feito por qualquer outro "Homem de Boa Vontade" [citando à Geronimo, acima] e sem ligação governamental

Mas quem seria este da igreja que teria a força empreendedora d'um Pe. Henrique, para liderar esta(e) mudança/avanço [sem o peso do MARCO] Pe. Domingos? possivelmente, Sim...

O que se vê é TOTAL desinteresse da instituição, algo que não ocorre na referida cidade Cearense, onde por censo comum, o POVO, nem ligou p'ro fato de Pe. Cicero, de certa forma, não ser "reconhecido"

Talvez isso explique, até certo ponto, o declínio desta religião, frente às outras, que emergem frente às obras sociais que executam...

por fim, diria... IGREJA CATOLICA, vocês tem OURO demais nos templos, p'ra que? ainda, se nem existe mais a chamada GUERRA SANTA [cruzadas] abra mão de um pouco em beneficios [verdadeiramante] àos fiéis..