ALMINO AFONSO: HOMEM DE 56 ANOS FOI ENCONTRADO MORTO NO INTERIOR DE SUA RESIDÊNCIA

sábado, 12 de maio de 2012

A população da pacata cidade de Almino Afonso, interior do Rio Grande do Norte, amanheceu neste sábado (12), chocada com a morte do aposentado Enéas de Freitas, de 56 anos de idade.

Enéas, natural de Almino Afonso, casado, era filho do casal José Domingos de Oliveira e Josefa Maria da Conceição, pessoa simples, pacata, tranquila, características que lhe renderam o apelido de Mansidão, o mesmo era querido por todos da Rua João Cordeiro, bairro Francisco Cordeiro Carlos, onde morava na campainha do seu irmão Jurandir ou “Jura do trator”, que não se encontrava em casa na hora de sua morte.

A verdadeira causa da morte de Mansidão ainda é desconhecida, o mesmo foi encontrado já sem vida por populares hoje pela manhã, mas de acordo com informações, o fato teria ocorrido ainda na noite de ontem, por volta das 21:00 horas. Para uns, teria sido morte natural, para outros o mesmo teria posto fim a própria vida, praticando enforcamento, mas a hipótese mais provável teria sido latrocínio, roubo seguido de morte.

A vítima foi encontrada no chão ao lado da rede em que dormia na sala de jantar de sua residência, com bolsos revirados e com o pescoço e o rosto enrolados com uma toalha de banho e um lençol de dormir, o que aumenta a última hipótese de que teria sido um latrocínio. Há alguns anos atrás, a vítima sofreu um AVC - “Acidente Vascular Cerebral” o que a deixou com sua saúde debilitada, e certamente a impediu de lutar pela própria vida contra quem tenha tentado, caso o fato criminoso venha a ser confirmado.

O desfecho dessa morte só se dará com a conclusão do laudo cadavérico, que deverá ser concluído em breve pelo ITEP - “Instituto Técnico de Polícia”.

Fonte: FM Educativa
Fotos: Jean Garotinho
 


0 comentários: