PATU: POSTO POLICIAL DO CENTRO DA CIDADE FOI RECUPERADO PELA PREFEITURA

quarta-feira, 25 de janeiro de 2012


Foi visando atender uma reivindicação de moradores e comerciantes, que a Prefeitura de Patu, por meio da Secretaria de Obras, recuperou toda a estrutura física do Posto Policial Soldado Erivan André da Silva, que fica localizado na Praça dos Taxistas, um dos principais pontos comerciais do Centro da cidade.

A unidade chegou a funcionar durante algum tempo, mas encontrava-se desativada e com a sua estrutura bastante desgastada. Com a sua reativação, não só os moradores daquela região, mas também todos os comerciantes passarão a contar ainda mais com o apoio e o auxílio da PM.

De acordo com a prefeita Evilásia Gildênia, esta era uma reivindicação antiga dos comerciantes, e que agora vira realidade. “A prefeitura fez a parte dela no tocante a recuperação das instalações, e através do diálogo com a PM iremos reativar o Posto Policial, garantindo assim, a tranqüilidade e segurança de todos”, disse a prefeita.

Fotos: Rubinaldo Maia
Fonte: SECOM/Bruno Campelo
.
NOTA DO BLOG: A recuperação desse Posto Policial seria de muita importância para a segurança da área comercial do centro da cidade, mas o fato é que não existe policiais militares para atuarem nesse posto, o efetivo da Companhia de Patu está defasado há muito tempo e com o período de férias dos policiais, a situação se complica ainda mais. 
Eu não sei se falta interesse ou se os políticos de Patu (todos) não têm o mínimo de prestígio junto ao governo do estado (atual e anterior), visto que existem vários policiais militares filhos de Patu trabalhando em outras cidades e desejando há muito tempo trabalhar em sua terra natal, mas infelizmente os nossos políticos não têm força política ou lhes falta interesse de conseguir a transferência destes para Patu.
Outro fator que poderia melhorar o policiamento de Patu e região seria a ascenção da Companhia de Patu para Companhia Independente ou até mesmo Batalhão, pois assim, os policiais seriam formados aqui e seriam distribuídos em Patu e região.
Para se ter uma idéia do atraso da cidade de Patu no tocante a segurança pública, vou comparar esta com a cidade de Jardim de Piranhas, na região do seridó. 
A Companhia de Patu já existe há décadas, pois só no atual local já existe desde 30 de março de 1973, na cidade de Jardim de Piranhas funcionava até pouco tempo um destacamento policial militar, elevado para pelotão, companhia e desde o governo de Vilma elevado a Companhia Independente, enquanto a Companhia de Patu ao invés de progredir, regrediu, com a redução drástica do seu efetivo.
Todo esse progresso conseguido em Jardim de Piranhas na área da segurança pública deve ter sido através do esforço do deputado federal João Maia, que também tem votos em Patu e nada tem feito para retribuir os votos recebidos. 
Todos os nossos políticos tem sua parcela de culpa pelo regresso na área de segurança pública em nosso município, pois ou não têm interesse na segurança dos cidadãos patuenses ou não têm o mínimo de prestígio político junto ao governo do estado para reverter a situação.

2 comentários:

José disse...

O maior problema, é material humano para está presente 24 horas; não adianta colocar apenas dois homens, ou por algumas horas; precisamos investir urgentemente na formação de novos policias.

Mara Estela disse...

Concordo totalmente com o blog. A anos que contribuimos com a eleição desses políticos que só lembram de Patu quando necessitam de votos para garantir seus cargos. Será que os políticos patuenses (independentemente de serem oposição ou situação) não possuem prestígio suficiente ou na verdade não há um real interesse dos mesmos? É necessário que nós, como maiores interessados, sabíamos exigir um maior empenho da classe política não só municipal, mas também estadual e federal, haja visto que estes são nossos representante.