COMERCIANTE FOI ASSASSINADO EM LUCRÉCIA

sexta-feira, 27 de janeiro de 2012
 Vítima: DÉCIO SOARES 

Um crime banal foi registrado na manhã desta sexta feira, 27/01, na cidade de Lucrécia. O jovem empresário conhecido por DÉCIO SOARES, sobrinho do contador e empresário NETO SOARES, se encontrava num estabelecimento comercial do município pagando alguns boletos bancários, quando o débil mental conhecido por DIASSIS desferiu várias cutiladas de faca peixeira nas costas do mesmo, sem nenhum motivo aparente.
A vítima foi socorrida às pressas para a cidade de Mossoró, mas segundo informações, faleceu nas proximidades do município de Caraúbas. 
O homicida já foi preso e neste momento está sendo conduzido por policiais militares do Destacamento de Lucrécia para ser autuado em flagrante delito na 7ª Delegacia Regional de Polícia Civil de Patu, onde deverá permanecer preso, pois a revolta da população lucreciense é generalizada e a permanência do homicída naquela cidade corre o risco de linchamento. 
Em instantes mais informações e imagens do homicida.  

Foto: Blog do Raimundinho Duarte

10 comentários:

Anônimo disse...

Ninguem saba mais como viver, porque como é que uma pessoa tira a vida de outra sem motivo algum,porque é assim que eu vejo, um home calmo e querido por todos de lucrécia e vem alguem e seifa sua vida só pode ser o fim do mundo. Décio diga a Deus que olhe mais para nós, porque eu sei que agora você esta conversando com ele porque você era puro de bondade e dígno de está ao lado de Deus porque você era uma pessoas boa e cheia de amigos e que sua esposa e sues filhos tenham a misericordia e a proteção de Deus todo pederoso.

Anônimo disse...

meus pessames a familia

Anônimo disse...

Os Bons Morrem Jovens
Legião Urbana

É tão estranho
Os bons morrem jovens
Assim parece ser
Quando me lembro de você
Que acabou indo embora
Cedo demais

Quando eu lhe dizia
Me apaixono todo dia
É sempre a pessoa errada
Você sorriu e disse
Eu gosto de você também
Só que você foi embora...
Cedo demais!

Eu continuo aqui
Meu trabalho e meus amigos
E me lembro de você
Em dias assim
Dia de chuva
Dia de sol
E o que sinto não sei dizer...

Vai com os anjos
Vai em paz
Era assim todo dia de tarde
A descoberta da amizade
Até a próxima vez...

É tão estranho
Os bons morrem antes
Me lembro de você
E de tanta gente que se foi
Cedo demais!
E cedo demais...


Eu aprendi a ter
Tudo o que sempre quis
Só não aprendi a perder
E eu que tive um começo feliz...
Do resto não sei dizer

Lembro das tardes que passamos juntos
Não é sempre mais eu sei
Que você está bem agora
Só que neste mundo
O verão acabou.

Cedo demais!

Anônimo disse...

Estamos todos chocados com tamanha banalidade e violência. Um homem bom, respeitado e admirado por todos. Tiraram de você o seu sorriso, sua dedicação a sua família ou a qualquer um que de você precisasse, mas jamais tirarão de nós nossa admiração e respeito. Será eterno.

Paróquia de Martins disse...

Este homem mesmo sendo o débil mental não pode ficar em circulação. Por que assim como ceifou a vida de Décio, esse homem trabalhador, poderá fazer o mesmo com qualquer pessoa.

Meus pêsames a toda a família e que o Senhor Jesus dê o conforto e a fortaleza para superar esse momento de dor.

P.s.: Pelo tempo que passei dando assistência em Lucrécia conhecia só de vista a Décio, mas sempre se comentava de como era trabalhado, organizado e tranquilo.

SHIRLEY disse...

é realmente inexplicado um caso de tamanha crueldade,decio era uma pessoa maravilhosa, menino calmo, educado, simpático! pude comprovar isso de perto porque ele sempre vinha aqui em patu com sua família jantar. que deus te receba de braços aberto e de o conforto a toda sua família e amigos. que nós rezemos para livrarmos de tanta violência.

Anônimo disse...

é verdade,só deus para ter misericordia,muito pacata o nosso amigo meigo,que deus o tenha.

Anônimo disse...

A tristeza cruzou o país, os lucrécienses residentes em São Paulo e região está chocada com o trite episódio, e perda de um conterrâneo conhecido.

A justiça precisará tomar as devidas providências, e melhorar a segurança na cidade, a começar pelo números do efetivo policial e viatura em serviço.
Treremos segurança em uma cidade onde existe apenas 2 policiais militares em uma viatura batida??

Anônimo disse...

A tristeza cruzou o país, a populaç~co lucreciense residentes em São Paulo e região está chocada com o acontecimento e perda de um ente tão querido.....até quando isso vai acontecer?
A justiça deve tomar as devidas providências uma cidade tão pequena e com um número de homicídio tão alto, é preciso investir em segurança. Efetivo policial maior, viaturas melhores, não para esperar muito de dois policiais militares em uma viatura batida.

Nossas condolências a família

Anônimo disse...

Aquele demônio acabou com a nossa vida, aquele maldito... Peço a Deus a cada instante para tirar o ódio do meu coração, mais eu não estou conseguindo... Eu quero que esse Malditoo sofraaa...

Décio meu primo... Sentirei muito sua falta !!