terça-feira, 26 de agosto de 2014

PROGRAMAÇÃO DA FESTA DA PADROEIRA DE PATU

Ler na íntegra
 

DIOCESE DE SANTA LUZIA DE MOSSORÓ
FESTA DE NOSSA SENHORA DAS DORES
Patu/RN, 06 a 15 de Setembro de 2014


TEMA: “MARIA ENSINA-NOS A SER UM SÓ CORAÇÃO, UMA SÓ ALMA!”


Programação


DIA 06/09 – SÁBADO
6h – Alvorada festiva.
18:30 – Procissão com a Bandeira de Nossa Senhora das Dores.
Percurso: Estação para Igreja Matriz.
19h – Hasteamento da Bandeira da Padroeira e Missa de abertura da 237ª Festa de Nossa Senhora das Dores.
Presidente: Dom Mariano Manzana, Bispo Diocesano de Mossoró.
Noiteiros: Proprietários de carros, Motoqueiros, Moto Clubes os Impossíveis do Asfalto e Anjos da Serra, Grupo de Cavalgada Nossa Senhora dos Impossíveis, Bairros Nova Brasília e Centro, Comunidade Santo Antônio – Morada Nova e Creches Cantinho da Criança, Aluísio Alves e Carmelita Rocha.
Responsáveis: Assis Holanda, Zezinho das motos, Zilklenio Azevedo, Marcone, Alexandre, Nair Nunes, João Antônio e Socorrinha, Júnior e Tinininha, José de Arimatéia, Glória e Gerluzia.


DIA 07/09 – DOMINGO
19h – Missa.
Presidente: Pe. George Lourenço, MSF
Noiteiros: Legião de Maria, Movimento de Mãe Rainha, Pastoral da Criança, PDA – Novo Sertão, Centro de Juazeiro, Coroinhas, Comunidade da Sagrada Família – Gameleira, Bairros Sta. Teresinha e Conjunto Nova Patu, Escola Municipal Raimundo Rocha, Missionários da Sagrada Família.
Responsáveis: Fátima, Eli, Rita, Ritinha, Nazaré, Carla, Leidiane, Expedito, Rita Cândida, Lourdes, D. Neuza, Raniely e Pe. George.


DIA 08/09 – SEGUNDA-FEIRA
19h – Missa
Presidente – Pe. Robério
Noiteiros: Curso Bíblico, Focolares, Equipe Litúrgica, PASCOM, Pastoral Catequética, Terço das Crianças, Estudo Bíblico, Conjunto João Pereira, Sindicatos Patronal e Rural, SINDSERPUMP, FIOS, Comunidade São Benedito – Jatobá, Escola Municipal Francisco Francelino de Moura, Pastoral da Juventude.
Responsáveis: José Bezerra, Aldenizia, Ritinha, Agildo, Raniery Alves, Jorge, Gerlúzia, Valdemar, José Bezerra, Marcondes, Lucélia, Luciene Batista, Júnior, Sandra, CPJ.


DIA 09/09 – TERÇA-FEIRA
19h – Missa.
Presidente: Pe. Marcos Maciel – Serra Talhada - PE
Noiteiros: Ministros da Eucaristia, Hospital Dr. Henderson J. Moura, Clínicas particulares, Rádio Educadora Patuense, Comunidade São José – Saco, Ginásio Comercial e Conjunto Francisco Dantas.
Responsáveis: Francisco Lima, Eliane, Wanda Godeiro, Zilklenio Azevedo, Dra. Simone, Dr. Elano, Dr.Alison, Dr. Ives, Dr. Eudes, Dr. Gustavo, Dr. Upiano, Railma e José Bezerra.


DIA 10/09 – QUARTA-FEIRA
19h – Missa.
Presidente: Frei Edson, OFM
Noiteiros: Terço dos homens, Terço da Misericórdia, CDL e comerciantes, Banco do Brasil, INSS, Correios, Emater, Blogueiros, Comunidade São Miguel Arcanjo, Escola Estadual Dr. Edino Jales, Bairro Fomento, Projeto Crescer.
Responsáveis: Bismark, Júnior, Balbina, Jaíza, Genival, Rodrigo, Lizenir, Arione, Ricardo, Vieira, Bruno Campelo, Aluisio Dutra, Raniery Alves, Lenilda, Joseneide, Gizelda, Cesanildo, Edvania.


DIA 11/09 – QUINTA-FEIRA
19h – Missa.
Presidente: Frei Severino, OFMcap.
Noiteiros: Encontro de Casais com Cristo, Pastoral da família (Setores: Batismo e Matrimônio), Comunidade N. S. da Conceição – Fortuna e Escondido, Escola Estadual Dr. Xavier Fernandes, Bairro Estação.
Responsáveis: Equipe Dirigente, Raimundinha e Neto, Jorge e Lourdes, Cesanildo, Adalgiza, Souza, Raimundo e Leida, Fabiana, Jane, Naureni e Cícera Calixta.


DIA 12/09 – SEXTA-FEIRA
19H – Missa.
Presidente: Frei Cláudio Simões, OFMcap.
Noiteiros: Grupos de Idosos: João Inácio e Idoso Cidadão, Renovação Carismática Católica, Comunidade N. S. de Fátima – Cajueiro, Escola João Godeiro e Bairro Pe. José Kruza.
Responsáveis: Lúcia Brígida, Aparecida, Emanoel, Mila, Junior, Socorrinha, Sandoval e Maria José.


DIA 13/09 – SÁBADO
11h – Feirinha de Nossa Senhora das Dores – Pátio da Matriz
13h – Leilão - Pátio da Matriz
19H – Missa.
Presidente: Pe. Frederico, Caraúbas
Noiteiros: Terço das Mulheres, Poder Judiciário, Ministério Público, Polícias Militar e Civil, Conselho Tutelar, Bairro Costa e Silva, Comunidades Santa Terezinha, São João Batista, Educandário Santa Terezinha, Patuenses Ausentes, Apostolado da Oração (MEJ).
Responsáveis: Izinira Nevinha, Ruana, Gerlúzia, Dr. Valdir Lobo Maia, Dr. Diogo, Del. Dr. Sandro Regis, Cap. Miriam, Edvânio, Rita Dalvaci, Neuza, Luciene, Emanuel, Gracinha, Dutra, Ana Maria, Assis Oliveira, Mª Celi, Alexandre.


DIA 14/09 – DOMINGO
19h – Missa.
Presidente: Dom Egídio Bisol – Bispo Diocesano de Afogados da Ingazeira - PE.
Noiteiros: Pastoral do Dízmo, Prefeitura Municipal (Secretarias e Funcionários), Câmara Municipal, UERN, Escola Raimundo Nonato da Silva, Comunidade N. S. das Graças – Messias Targino.
Responsáveis: Edno, Evilásia e Gorete, Suetoneo Moura, Josenir Calixta, Terezinha Adelino, Ismael, Leidianni, Maria José e Joana.


DIA 15/09 – SEGUNDA-FEIRA
17h – Procissão de encerramento com a imagem de Nossa Senhora das Dores
18h - Missa de encerramento da festa.

Presidente: Pe. Américo Leite, MSF.
segunda-feira, 25 de agosto de 2014

25 DE AGOSTO: DIA DO SOLDADO

Ler na íntegra
segunda-feira, 18 de agosto de 2014

DO G1/RN: PROPOSTAS DOS CANDIDATOS A GOVERNADOR DO RN

Ler na íntegra

A pedido do G1, os candidatos ao governo do Rio Grande do Norte dizem o que pretendem fazer em dez áreas caso sejam eleitos. Os temas são: drogas, educação, habitação, investimento e emprego, meio ambiente, mobilidade urbana, máquina pública, saneamento, saúde e segurança pública.

VEJA NA PÁGINA DOS CANDIDATOS AS PROPOSTAS:





VERSÍCULOS BÍBLICOS

Ler na íntegra
Tenha já fim a malícia dos ímpios; mas estabeleça-se o justo; pois tu, ó justo Deus, provas os corações e os rins. Salmos 7:9.

Remindo o tempo; porquanto os dias são maus. Efésios 5:16.

Fonte: Bíblia Online
domingo, 17 de agosto de 2014

VERSÍCULOS BÍBLICOS

Ler na íntegra
O Senhor é a minha força, e o meu cântico; ele me foi por salvação; este é o meu Deus, portanto lhe farei uma habitação; ele é o Deus de meu pai, por isso o exaltarei. Êxodo 15:2.

Por isso sinto prazer nas fraquezas, nas injúrias, nas necessidades, nas perseguições, nas angústias por amor de Cristo. Porque quando estou fraco então sou forte. 2 Coríntios 12:10.

Fonte: Bíblia Online

MARINA SILVA QUER RENATA CAMPOS, VIÚVA DE EDUARDO, COMO CANDIDATA A VICE-PRESIDENTE

Ler na íntegra

Marina Silva jamais esteve tão próxima da Presidência. No mundinho da política esse sentimento se espalhou por toda parte nas últimas 48 horas, em graus variados, entre adeptos e adversários da possível candidata.


Sim, Eduardo Campos ainda não foi enterrado; sim, Marina não assumirá a candidatura antes do funeral; sim, o PSB, partido que a hospeda, é um saco de gatos magros sem nenhuma liderança forte e ainda não decidiu oficialmente que rumo tomar. 

Ninguém mais, no entanto, nem no PT nem no PSDB, cogita seriamente a hipótese de ver Marina fora da disputa. A carta do irmão de Campos reiterando a vontade da família de que a vice substitua o candidato morto praticamente encerra a questão.

A repórter Daniela Pinheiro, da piauí, tem a informação de que Marina quer Renata Campos, a viúva, como candidata a vice-presidente. Considera que ela, auditora do Tribunal de Contas de Pernambuco, gosta de política e entende de administração pública. Sua candidatura seria também uma maneira de homenagear o marido e manter viva a imagem da família na própria chapa presidencial. Seria, sobretudo, um tremendo lance de marketing.

As resistências no PSB a Marina, tão repisadas nos bastidores da pequena política nas últimas horas, tendem a se diluir diante da perspectiva, agora real, de chegar ao comando do país. Ou seja, até em nome do oportunismo político os velhos socialistas brasileiros caminham para os braços da líder ambientalista, ainda que tenham horror a ela, o que é verdade em alguns casos.

Sem Marina, Dilma muito provavelmente venceria a eleição no primeiro turno. Aécio Neves, por sua vez, vive uma situação paradoxal: precisa de Marina no páreo para manter viva a expectativa de que haja segundo turno; ao mesmo tempo, corre o risco _a essa altura muito grande_ de ser ultrapassado pela representante da terceira via e ficar fora do palco da grande final.

O histórico das candidaturas sugere isso. Marina figurou pela última vez numa pesquisa do Datafolha como possível candidata do PSB em abril deste ano (só em maio o partido viria ratificar o nome de Campos na cabeça da chapa). Ela tinha, então, 27% das intenções de voto (marca que Aécio jamais alcançou). Dilma estava com 39% (praticamente no mesmo patamar em que se encontra hoje). Aécio somava 13%.

Na próxima segunda-feira, a Folha divulga o resultado de uma nova pesquisa com Marina de volta à cédula. A apreensão entre os petistas é imensa. “Sacanagem fazer a pesquisa nesse momento”, me disse um deles ontem à noite. “Ninguém da elite, em sã consciência, a quer como presidente. Querem usá-la para manter Aécio vivo, mas é uma manobra arriscada”, acrescentou.

Na avaliação desse petista, Marina será ungida candidata assim que o caixão de campos descer à terra. Haverá, num primeiro momento, uma pantomima para encenar a unidade do partido. Os problemas e as brigas virão logo nos dias seguintes: quem vai mandar na campanha? Qual será o discurso da candidata? Como se comportará diante das alianças regionais com petistas e tucanos feitas por Campos à sua revelia?

Muita gente parece ter descoberto que Eduardo Campos era seu candidato agora que ele morreu. Boa parte disso se deve às circunstâncias trágicas de seu fim e à comoção que tomou conta do país. Mas, além disso, parece que a morte de Campos trouxe à tona o desejo latente de mudança que fermenta há meses de forma difusa na sociedade. Até então nenhum candidato _nem Aécio nem Campos em vida_ tinha sido capaz de galvanizar esse sentimento de insatisfação, que não é necessariamente contra o governo (embora também o seja), mas, também, contra o sistema político. A deterioração do quadro econômico, embora lenta, só tende a engrossar o coro dos descontentes.

Marina parece ser o personagem ideal para o momento. Basta lembrar que, ao contrário da quase totalidade dos políticos, se beneficiou das revoltas de junho de 2013. No início daquele mês, quando o movimento ainda era gestado, Marina aparecia no Datafolha com 14% das intenções de voto; Dilma tinha 51%. Dois meses depois, em agosto, Marina tinha saltado para 26% (um crescimento de 100%), enquanto Dilma caía para 35%. A virtual candidata entrava em sintonia com o recado das ruas.

Renovação da política e aversão à política se confundem na figura de Marina. Sua fala a todo instante descamba para o registro messiânico, ao mesmo tempo em que ela preserva sua postura ponderada e dá sempre a impressão de ser uma pessoa extremamente racional. Há algo de genuinamente monástico em sua figura que contrasta com o bordel da política brasileira. Como ela vai governar, se chegar lá, talvez nem o Senhor saiba explicar.

Em 2010, Marina era uma candidata mambembe, com pouco tempo de TV e quase nenhuma estrutura partidária. Obteve quase 20 milhões de votos, surpreendendo a todos. Dois anos depois, nas eleições municipais, pressionada a sair candidata para aproveitar o cacife eleitoral acumulado, se recusou a fazê-lo. Foi além, retirando-se da disputa sem apoiar ninguém. Parecia um fim.

Quando eclodiram as revoltas de junho o nome de Marina andava esquecido. Praticamente ninguém a mencionava como peça importante do xadrez da sucessão. Em poucas semanas, ela ressuscitou nas ruas, quase à revelia de si mesma.

Logo adiante, voltou a afundar quando a Justiça Eleitoral negou o registro da sua Rede. A mão pesada do PT atuou para inviabilizar a provável candidatura presidencial da ex-ministra de Lula, sabemos disso. Mas o episódio também deixava patente a inabilidade (ou incompetência) de Marina para lidar com as contingências do mundo prático. Fora incapaz, apesar de todo o respaldo popular, de obter assinaturas ao longo de meses para criar seu partido. Isso enquanto outras legendas muito menos representativas ou francamente negocistas recebiam sua certidão de nascimento e ingressavam no circo da democracia institucional.

Em menos de 48 horas, no entanto, Marina virou o jogo novamente, aliando-se a Eduardo Campos, no que ficou conhecido como “casamento do ano”.

Nos últimos meses, muita gente na cúpula do PSB acusava Marina de jogar apenas para si mesma e fazer pouco esforço pela candidatura de Campos. A família de Eduardo, porém, a tinha e a tem em alta consideração. Seja como for, o fato é que Marina ainda não havia transferido sua popularidade ao ex-governador de Pernambuco. Parecia, mais uma vez, devolvida à condição de coadjuvante numa chapa com algum potencial de crescimento, mas na qual mais ninguém apostava suas fichas. Isso tudo até a manhã dessa quarta-feira, dia 13 de agosto. 

A campanha eleitoral está praticamente recomeçando, a menos de 50 dias do primeiro turno, sob forte componente emocional. A tragédia de Campos o transforma num mártir. Marina Silva, por sua vez, tem certeza de que é uma predestinada. Como milhões de pessoas, crê nos desígnios de Deus. Só saberemos o final do filme em outubro. Mas para quem acredita em destino este é um enredo e tanto.

Fonte: Piauí via São Bento Online
sábado, 16 de agosto de 2014

VERSÍCULOS BÍBLICOS

Ler na íntegra
Bendito seja Deus, que não rejeitou a minha oração, nem desviou de mim a sua misericórdia. Salmos 66:20.

Até agora nada pedistes em meu nome; pedi, e recebereis, para que o vosso gozo se cumpra. João 16:24.

Fonte: Bíblia Online
sexta-feira, 15 de agosto de 2014

IMAGEM PEREGRINA DE FREI DAMIÃO ESTARÁ NO SANTUÁRIO DO LIMA POR OCASIÃO DA V ROMARIA DAS FAMÍLIAS

Ler na íntegra
 

Convidamos você e sua família para participar da recepção da Imagem Peregrina de Frei Damião, vinda de Recife/PE, que está peregrinando por todo o Nordeste e estará visitando a cidade de Mossoró, no dia 15 de agosto, com a seguinte programação:

18 horas - Concentração na entrada da cidade no posto de gasolina próximo à Polícia Rodoviária Federal (saída para Natal). Em seguida, haverá carreata até a Matriz de São Manoel, onde será celebrada a Santa Missa com o Padre Janédson e presença do Casal Diocesano do ECC, Bira e Gleide e do Casal Regional Nordeste II, Marcelino e Eliane.

A peregrinação se estenderá até domingo, sendo que no sábado a imagem de Frei Damião se deslocará para a cidade de Apodi, visitando as famílias do Zonal do Médio Oeste e, no domingo 17 de agosto, a imagem estará na Romaria das Famílias, no Santuário do Lima, em Patu, encerrando a Semana Nacional da Família.

Esta peregrinação acontecerá em preparação ao XVI Congresso do ECC da Região Nordeste que acontecerá 29, 30 e 31 de agosto em Recife/PE e em comunhão também com os 80 anos da nossa Diocese.


Fonte: Paróquia de Pau dos Ferros via Nosso Paraná

VERSÍCULOS BÍBLICOS

Ler na íntegra
Porque, quem despreza o dia das coisas pequenas? Pois esses se alegrarão, vendo o prumo na mão de Zorobabel; esses são os sete olhos do Senhor, que percorrem por toda a terra. Zacarias 4:10.

Mas desejamos que cada um de vós mostre o mesmo cuidado até ao fim, para completa certeza da esperança; Hebreus 6:11.

Fonte: Bíblia Online
quinta-feira, 14 de agosto de 2014

É ESSA A MUDANÇA QUE VOCÊ QUER PARA O RIO GRANDE DO NORTE?

Ler na íntegra

VERSÍCULOS BÍBLICOS

Ler na íntegra
O Senhor, pois, é aquele que vai adiante de ti; ele será contigo, não te deixará, nem te desamparará; não temas, nem te espantes. Deuteronômio 31:8.

E eles o constrangeram, dizendo: Fica conosco, porque já é tarde, e já declinou o dia. E entrou para ficar com eles. Lucas 24:29.

Fonte: Bíblia Online
quarta-feira, 13 de agosto de 2014

VÍDEO: FILHOS DE EDUARDO CAMPOS GRAVARAM HOMENAGEM EM VÍDEO NO DIA DO SEU ANIVERSÁRIO E DIA DOS PAIS

Ler na íntegra

VEM AÍ A 5ª ROMARIA DAS FAMÍLIAS AO SANTUÁRIO DO LIMA

Ler na íntegra

MORRE O PRESIDENCIÁVEL NORDESTINO EDUARDO CAMPOS, EX-GOVERNADOR DE PERNAMBUCO

Ler na íntegra

O candidato Eduardo Campos no estúdio do G1 durante entrevista na última segunda (11) (Foto: Caio Kenji/G1)

O candidato a presidente do PSB, o ex-governador de Pernambuco Eduardo Campos morreu na manhã desta quarta-feira (13) após a queda do jato particular em que viajava em um bairro residencial em Santos, no litoral paulista. Ele tinha completado 49 anos no último domingo.


Campos tinha uma programação de campanha em Santos nesta quarta. Chovia no momento do acidente. De acordo com a assessoria do candidato, ele participaria às 8h, às 9h30 e às 14h30 de entrevistas a emissoras de televisão locais. Às 10h30, concederia uma entrevista coletiva às 12h30 participaria de um seminário sobre o Porto de Santos.

A bordo da aeronave, estavam sete pessoas, dos quais cinco passageiros (entre eles Campos) e dois tripulantes. Veja a lista dos mortos:

Eduardo Campos, candidado à presidência
- Alexandre da Silva, fotógrafo
- Carlos Augusto Leal Filho (Percol), assessor
- Geraldo da Cunha, piloto
- Marcos Martins, piloto
- Pedro Valadares Neto
- Marcelo Lira

A Polícia Federal enviou seis peritos para Santos a fim de trabalhar na apuração da causa do acidente. O governador Geraldo Alckmin (PSDB) se deslocou para a cidade depois de tomar conhecimento da morte de Campos.

"Estamos diante de uma tragédia que entristece todo o país. Quero em nome do povo de São Paulo trazer nossos sentimentos a todos os familiares das pessoas que perderam a vida nesse acidente", afirmou Alckmin.

Os principais adversários de Campos na campanha eleitoral, Dilma Rousseff (PT) e Aécio Neves (PSDB), cancelaram os compromissos de campanha.

Todos os comitês de Dilma suspenderam as atividades após a confirmação da morte. "Estou absolutamente perplexo", afirmou Aécio Neves no Rio Grande do Norte.


Nove anos antes, em 2005, no mesmo dia (13 de agosto), morreu o avô do presidenciável, Miguel Arrais, de quem Campos era herdeiro político.

Campos deixou o governo de Pernambuco em abril deste ano para concorrer à Presidência da República.

Segundo a mais recente pesquisa de intenção de voto do Ibope, divulgada no último dia 7, ele tinha 9% das intenções de voto, atrás de Dilma, com 38%, e Aécio, com 23%.

De acordo com a legislação eleitoral, o PSB poderá registrar em até dez dias outro candidato para substituir Eduardo Campos na disputa pela Presidência da República.

A morte de Eduardo Campos repercutiu de imediato no mundo político.

"Estamos muito chocados com tudo", afirmou o deputado federal Marcio França (PSB), presidente do diretório estadual do partido em São Paulo.


França afirmou que Campos estava acompanhado de integrantes da equipe da campanha, como jornalistas e fotógrafo. Ele relatou que a mulher de Campos e o filho não estavam no jato – eles voltaram para Pernambuco em um avião de carreira.

No perfil da Rede Sustentabilidade no Twitter, foi publicada a seguinte nota: "Todos estamos chocados com a morte de Eduardo Campos, em queda de avião hoje de manhã. Marina Silva segue agora para Santos (SP)".

A ex-senadora Marina Silva é a candidata a vice na chapa de Campos. Como o partido dela, a Rede Sustentabilidade, não conseguiu registro a tempo para concorrer na eleição deste ano, ela se filiou ao PSB. Ela poderá substituir Eduardo Campos como candidata ou permanecer como vice.

No Congresso, parlamentares falaram sobre o episódio. O deputado federal Júlio Delgado (PSB-MG) disse que foi informado da queda da aeronave pelo deputado Márcio França (PSB). "Estou atordoado. Parece que perdemos o Eduardo, uma liderança da nossa geração", declarou Delgado antes de saber da confirmação da morte.

A Aeronáutica divulgou nota informando sobre a queda do avião, que saiu do aeroporto Santos Dumont, do Rio de Janeiro, com destino ao aeroporto do Guarujá, cidade vizinha de Santos.

Leia a íntegra da nota:

O Comando da Aeronáutica informa que nesta quarta-feira (13/08), por volta das 10h, uma aeronave Cessna 560XL, prefixo PR-AFA, caiu na cidade de Santos, no litoral de São Paulo.

A aeronave decolou do Aeroporto Santos Dumont, no Rio de Janeiro, com destino ao aeroporto de Guarujá (SP). Quando se preparava para pouso, o avião arremeteu devido ao mau tempo. Em seguida, o controle de tráfego aéreo perdeu contato com a aeronave.

A Aeronáutica já iniciou as investigações para apurar os fatores que possam ter contribuído para o acidente.

Brasília, 13 de agosto de 2014.

Brigadeiro do Ar Pedro Luís Farcic

Chefe do Centro de Comunicação Social da Aeronáutica

Veja abaixo vídeo com a íntegra da entrevistas que Eduardo Campos concedeu ao Jornal Nacional nesta terça-feira (12) e ao G1 na última segunda-feira (11).

Fonte: G1/Brasília via Nosso Paraná 
terça-feira, 12 de agosto de 2014

EX-DETENTO É A OITAVA VÍTIMA DE HOMICÍDIO ESTE ANO EM PATU

Ler na íntegra

O ex-detento Lindonaldo Alves de Oliveira, mais conhecido por "Monego", com 38 anos de idade, que residia na rua Boa Vista, 600 - bairro Santa Terezinha, nesta cidade de Patu, foi assassinado na noite desta segunda-feira (11), por volta das 19:50 horas, quando se encontrava sentado em frente a sua residência. 
Segundo informações da Polícia Militar, a vítima foi atingida por vários disparos de arma de fogo por dois elementos que se aproximaram numa moto titan vermelha sem placa. Após efetuarem os disparos, os dois elementos fugiram em direção a BR 226, de onde tomaram rumo ignorado.
A vítima foi socorrida para o hospital local, mas faleceu ao dar entrada naquela unidade hospitalar. 
Viaturas do GTO e RP da 2ª Companhia de Polícia Militar de Patu efetuaram diligências mas não conseguiram obter êxito na captura dos homicidas. 
Não há informações sobre a motivação do crime, mas como a vítima já esteve preso por tráfico de drogas, pode estar ligado a acerto de contas ou queima de arquivo.  
segunda-feira, 11 de agosto de 2014

EM DEFESA DA REGULARIZAÇÃO JUSTA DO CICLOMOTOR

Ler na íntegra
Nesse primeiro semestre de 2014, os veículos de comunicação do Rio Grande do Norte publicaram e divulgaram notícias e reportagens em defesa da regularização e licenciamento do ciclomotor, motos de até 50 cilindradas, amplamente utilizadas por pessoas com menor poder aquisitivo tanto em Natal como nas cidades do interior do Estado.

Em Parnamirim, que faz parte da Grande Natal, a Prefeitura publicou, no Diário Oficial, a Lei n° 1.659/2014, aprovada pela Câmara dos Vereadores e sancionada, no dia 13 de maio, pelo Prefeito Maurício Marques dos Santos, que dispõe sobre o Registro e Licenciamento de ciclomotores. Em Natal, o prefeito Carlos Eduardo Alves sancionou lei similar, no dia 18 de julho, dando um prazo de 90 dias para que ela entre em vigor, ou seja, em 19 de outubro de 2014.

O objetivo de ambas é regulamentar o registro e licenciamento anual dos ciclomotores, como sendo veículos de duas ou três rodas providos de motor a combustão interna, cuja cilindrada não exceda a 50 centímetros cúbicos (3,05 polegadas cúbicas) e cuja velocidade máxima de fabricação não seja superior a 50 km/hora, conforme define o Código Brasileiro de trânsito - CTB.

“Somos totalmente a favor do registro e licenciamento do ciclomotor principalmente por que contribuirá para um trânsito mais educado e seguro em nossas cidades. Porém, mesmo sendo legal (estando dentro da lei) ele precisa ser justo e aqui a nossa ressalva. Defendemos que essa lei obedeça ao Art 129 do CTB , que na íntegra diz que o registro e o licenciamento dos veículos de propulsão humana, dos ciclomotores e dos veículos de tração animal obedecerão à regulamentação estabelecida em legislação municipal do domicílio ou residência de seus proprietários, em vez de simplesmente transferir aos Detrans. Ou seja, o Município deve assumir toda a responsabilidade, e assim estabelecer taxas compatíveis – portanto justas -  com o poder aquisitivo do usuário de ciclomotor, a exemplo de Mossoró que teve lei aprovada em 2009. E mais: é importante que este dinheiro fique no município para ajudar em campanhas educativas, inclusive bancando a inclusão da disciplina de educação de trânsito na grade curricular do município, pois, segundo a ONU, quem mais morre de acidente de trânsito no mundo são pedestres“, defende Luis Sucupira, coordenador da campanha permanente Ande Numa Boa, Pilote Com Segurança, da Traxx Motos.

É público e notório que as motocicletas de até 50 cc são um instrumento de inclusão social, pois são adquiridas por pessoas pertences às classes mais baixas, que buscam a cada dia exercer seu direito de mobilidade para conseguir chegar ao trabalho, à escola, ir ao supermercado, ao médico etc. Resumindo, são considerados como veículos de entrada no segmento de duas rodas. São cidadãos que não têm condições de adquirir uma moto 125cc ou um automóvel popular, e se negam a passar uma, duas e até três horas, por dia, espremidas dentro de um transporte público, para conseguir chegar ao destino desejado. Para esses cidadãos e cidadãs, as “cinquentinhas”, mais do que uma solução de transporte, tornaram-se um instrumento de sobrevivência.
“Minha vida mudou para melhor em tudo, principalmente a profissional, pois desde que comprei minha Traxx Moby 50 ganhei agilidade para resolver os meus problemas. Faço em média 200 quilômetros por dia para atender minha clientela, que triplicou. Antes da Traxx, eu tinha  30 clientes. Hoje são 150. Ela é tudo para mim! Meus pés, minhas mãos. No dia que levo para revisar, fico parado, pois não consigo trabalhar sem a minha cinquentinha, “declarou Edson do Nascimento, 42 anos, que trabalha como tosador de cães, em domicílio, na Grande Natal. O usuário mantém os dois filhos e a família com esse trabalho e graças à mobilidade conquistada com o ciclomotor teve um aumento significativo de sua clientela. Antes, Edson usava ônibus ou bicicleta, o que era por demais inconveniente, devido ao tempo gasto no trajeto e a necessidade de carregar seu material de trabalho: secador profissional, shampoo, várias escovas, caixa de transporte de cães (quando precisava pegar o cão  em algum local).
Exemplos como esse, na vida real, são encontrados em várias cidades do Rio Grande do Norte. Trabalhadores como Edson do Nascimento, melhoraram de vida graças aos veículos de até 50 cilindradas, que apesar do custo inferior a motos de maior cilindrada, são adquiridos com muito sacrifício por esses consumidores das classes C D e E.

“Essa é a principal justificativa para defendermos que a aplicação dessa lei seja responsabilidade do município. Tudo para garantir que as taxas cobradas na regularização dos ciclomotores sejam compatíveis com a renda de seus proprietários. Sem esquecer que a municipalização do trânsito, além de adequar as taxas do registro e licenciamento do ciclomotor, proporciona arrecadação de verba para o município que pode ser aplicada na melhoria das cidades e conseqüente bem estar de seus moradores,” reforça Luis Sucupira.

Luis Sucupira é coordenador da campanha permanente Ande Numa Boa, Pilote Com Segurança, da Traxx Motos. Escritor e jornalista especializado em veículos de duas rodas. Motociclista há 34 anos. Escreve para os sites Motonline, Motonauta, Carros e Corridas, e para a Revista Motoboy Magazine e acaba de lançar o Guia para o Motociclista e Principiante, pela editora carioca Nova Terra. Um guia completo e obrigatório tanto para o motociclista iniciante, quanto para o que “sabe tudo”.

Via E-Mail
domingo, 10 de agosto de 2014

ONZE DEPUTADOS DO RN GASTARAM MAIS DE R$ 34 MIL DE DINHEIRO PÚBLICO EM RESTAURANTES CAROS DA GRANDE NATAL NO PRIMEIRO SEMESTRE DE 2014

Ler na íntegra
 
Um novo levantamento feito através do Portal da Transparência da Assembleia Legislativa aponta que 11 deputados estaduais do Rio Grande do Norte gastaram, somente no primeiro semestre de 2014, R$ 34.019,12 de recursos públicos em 12 dos mais caros restaurantes da Grande Natal.

No ano passado, o valor de verbas públicas gastas em igualmente 12 restaurantes de “grife” foi de R$ 104 mil e incluía 13 dos 24 deputados da Assembleia Legislativa do Rio Grande do Norte. No levantamento mais recente, que levou em conta as despesas de janeiro a junho de 2014, os quatro que mais gastaram foram José Adécio (R$ 10.445), Tomba Farias (R$ 7.594), Getúlio Rego (R$ 5.991) e Agnelo Alves (R$ 5.080)

O dinheiro para essas “refeições de gala” vieram da chamada “verba indenizatória do exercício parlamentar”, dinheiro de todos os cidadãos que deveria auxiliar o trabalho dos parlamentares, mas que pela falta de regras é gasto com almoços, lanches ou jantares de centenas de reais ou até mais de mil reais em um único dia.

Recordes – O maior valor em uma única nota fiscal, dentre os 12 restaurantes escolhidos para análise, foi de Tomba Farias no Fogo e Chama, em 5 de abril. O parlamentar efetuou nesta data uma despesa de R$ 1.408,33. Getúlio Rego apresentou nota de R$ 1.227,49 no Camarões do Sertão, do dia 1º de janeiro. José Adécio pediu ressarcimento de R$ 1.002,87 despendidos em 8 de janeiro no Tábua de Carne.

Há ainda gastos elevados em restaurantes que não fizeram parte do levantamento, como foi o caso novamente de Tomba Farias, que apresentou despesas de R$ 5.233 na Peixada da Comadre, ao longo dos seis meses.

Paulistano – O mesmo Tomba Farias, aliás, gastou R$ 287,48 em 5 de fevereiro, no Ocean Blue, localizado na av. Brigadeiro Faria Lima, em São Paulo. Já em Natal, Agnelo Alves acumulou R$ 864,71 em despesas no Nemo Sushi, nesse primeiro semestre. Partindo pra Mossoró, Larissa Rosado pagou R$ 852,25 no Candidu's, somente no dia 30 de junho.

As limitações do Portal da Transparência da Assembleia Legislativa não permitem saber que tipo de refeição foi adquirida, para qual finalidade, ou mesmo quantas pessoas se alimentaram à custa do dinheiro público. No entanto, os altos valores demonstram que não apenas os detentores dos mandatos se aproveitaram dessas “comilanças de alto padrão”, ressarcidas pelos impostos pagos por todos os cidadãos.

2013 – No ano passado, o levantamento considerou 12 marcas de restaurantes da Grande Natal e apontou gastos de R$ 104 mil. Os que registraram as maiores despesas ressarcidas nesses estabelecimentos foram Fábio Dantas, Ezequiel Ferreira, José Adécio, Tomba Farias e Agnelo Alves. Em três datas Fábio Dantas registrou gastos de mais de R$ 1 mil no Coisas da Roça.

Ainda em 2013, Antônio Jácome pediu ressarcimento de R$ 2.535 pagos no Mangai, no dia 29 de novembro; George Soares anotou despesa de R$ 1.628 no Sal e Brasa, no dia 16 de outubro; e Ezequiel Ferreira registrou o desembolso de R$ 1.359 em 9 de maio, no Coisas da Roça.

Destaque especial mereceu a nota apresentada pelo deputado Tomba Farias, no dia 25 de julho, no valor de R$ 1.461,69, no D'amici Ristorante, localizado no Leme, na capital do Rio de Janeiro.

Outros gastos - O fato isolado de gastar mais com “alimentação” nesses restaurantes não significa que este ou aquele deputado seja mais irresponsável que os demais em relação ao uso do dinheiro público, visto que, pelo menos, essa despesa foi registrada. Outras formas de má utilização das verbas, como a destinação para ações que não atendem o interesse da população, sem falar nos possíveis casos de improbidade, são certamente ainda mais danosas à sociedade.

No mesmo sentido, o fato de não estarem presentes na lista de “clientes de restaurantes caros que pagam a conta com o dinheiro do contribuinte” não exime nenhum parlamentar, visto que alguns, que sequer aparecem neste levantamento, são acusados de diversas outras irregularidades e ilegalidades. Porém, o mau uso das verbas públicas em restaurantes e similares é a “imoralidade” mais simples de ser comprovada, tendo em vista a exigência de inclusão das notas fiscais nas prestações de contas mensais, muitas das quais já com o nome de fantasia dos estabelecimentos.

Estabelecimentos - As 12 marcas analisadas no levantamento do primeiro semestre (totalizando 18 estabelecimentos) foram Camarões (4 CNPJs), Fogo e Chama (2 CNPJs), Sal e Brasa, Agaricus, Guinza, O Abade, Coisas da Roça, Mangai, Tábua de Carne (2 CNPJs), Cassol (2 CNPJs), Buongustaio e Lula Restaurante.

Confira abaixo o detalhamento do dinheiro gasto pelos deputados:

José Adécio – R$ 10.445,79
Camarões - R$ 3.022,41
Lula Restaurante - R$ 2.158,75
Tábua de Carne - R$ 1.852,07
Coisas da Roça - R$ 1.783,13
Fogo e Chama - R$ 1.441,77
Sal e Brasa - R$ 187,66

Tomba Farias – R$ 7.594,16
Fogo e Chama - R$ 3.845,10
O Abade - R$ 1.273,19
Camarões - R$ 1.117,65
Buongustaio - R$ 795,57
Agaricus - R$ 562,65

Getúlio Rego – R$ 5.991,05
Camarões - R$ 4.275,48
O Abade - R$ 1.222,16
Mangai - R$ 284,33
Guinza - R$ 209,08

Agnelo Alves – R$ 5.080,24
Tábua de Carne - R$ 2.231,34
Camarões - R$ 817,19
Cassol - R$ 784,89
Mangai - R$ 403,01
Agaricus - R$ 330,55
Sal e Brasa - R$ 287,43
Fogo e Chama - R$ 225,83

Fábio Dantas - R$ 1.566,16
Buongustaio - R$ 612,15
Fogo e Chama - R$ 293,59
Sal e Brasa - R$ 224,73
Camarões - R$ 196,25
Agaricus - R$ 141,90
Mangai - R$ 97,54

Kelps Lima – R$ 984,61
Tábua de Carne - R$ 984,61

Gustavo Carvalho – R$ 882,53
Camarões - R$ 779,35
Tábua de Carne - R$ 103,18

George Soares – R$ 857,42
Tábua de Carne - R$ 413,60
Coisas da Roça - R$ 268,70
Camarões - R$ 175,12

Leonardo Nogueira – R$ 408,50
Camarões - R$ 408,50

Larissa Rosado – R$ 105,48
Mangai – R$ 82,12
Cassol – R$ 23,36

Ezequiel Ferreira – R$ 103,18
Sal e Brasa - R$ 103,18

Confira o texto que fala sobre o levantamento feito em relação a 2013 em http://on.fb.me/1z9k1ES